segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Dois Mundos

Me peguei pensando nas diferenças dos mundos dentro do mesmo mundo. Não, eu não estou falando de desigualdade social, da empregada que limpa uma mansão e mora na favela. Sim, esses são dois mundos. Mas estou falando do mundo HT e do mundo Gay.

Por mais que possamos tentar são realidades MUITO diferentes. Eu tenho uma preguiça ENORME de fazer esses tipo de contatos, por uma série de motivos, um, eu não tenho a MENOR vocação para medir palavras e trocar os genêros das pessoas, falar namoradO, ao invés de namoradA, que é o que eventualmente sairá da minha boca; papo de Pat, tem coisa mais chata do que ficar ouvindo as mocinhas afetadas falando do gatíssimo que acabou de entrar no departamento? Ou da fulana que ficou com o ex dela, na festinha da facul?! (Nessa parte do papo estou começando a espumar!) E ainda passo por antipática pois não tenho nem um mísero comentário a fazer. Meu Deus o que eu sei sobre isso? Quantas ex de amigas eu já não peguei, e quantas ex minhas já não pegaram, ficaram ou até namoraram amigas?! Qual é o problema? Nem minhas amigas Bichas são assim. Esse mundinho HT é muito cheio de dedos, e vamos combinar que dedos a gente usa pra outra coisa, bem mais produtiva!

Só porque eu AMO esse casal


Não consigo ter uma amizade HT se quer. Eu até TINHA uma amiga HT, não, ela não morreu, mas deixou de ser HT. Será que sou influência?! rsrsrs

O único contato que tenho com esses tipos é o forçado ambiente de trabalho, e aqui é quase um pré requisito ser uma mocinha afetada, com roupas de marca, namorado fortão e frequentar a boate da moda. (momento ânsia de vômito) Acabo como sempre ficando mais próxima dos homens, que não têm essas frescuras. E olha que eu sou uma mocinha, LONGE MUITO LONGE de parecer com qualuqer esteriótipo homo, mulher macho, sapatão, ou qualquer outra nomenclatura. Simplesmente não tenho nada a ver com essa gente.

Na verdade eu sempre fui uma criança esquisita... acho que já era uma girininha. rsrsrs

beijinhos, Cames

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Então foi natal... E agora é Reveillón

Final de ano é uma correria só, muitos eventos, muita coisa pra fazer, muito dinheiro a se gastar, muitas pessoas para ver... uffa cansei...

Mas agora que a parte chata já passou, aquela lenga lenga de ceia, tiavó, primos, crianças, blá blá blá, sobre quais eu já discursei aqui, é chegada a hora da festa! É agora que vamos beber champagnhe, usar roupas novas, e curtir com os amigos.


Não sei muito bem por que essa comoção toda, é só mais um dia que acaba e um outro que termina, mas já que é pra festejar então tô dentro! E como não poderia deixar de ser, fazer alguns planos, pedidos, pôr pra fora alguns desejos, seja o que for, é tanta energia solta no ar, tanta gente com pensamentos bons ao mesmo tempo, que não se pode jogar fora. Então aqui vai a minha listinha para 2009:

* Parar de fumar (não, eu não sou fumante, mas desejo isso para muitas pessoas. rsrsrs);
* Trocar de emprego para um que eu goste E que me pague razoavelmente bem (sonhar não custa né);
* Conseguir ler pelo menos metade dos livros que eu comprar;
* Usar melhor meu tempo;
* Me irritar menos com coisas pequenas (ok ok só anos de terapia para curar isso, mas estou admitindo, esse é o primeiro passo);
* E por último, mas principalmente, Viver muito muito feliz com o meu amor.

Então, listas prontas, Champagnhe no gelo, lentilhas e uvas servidas, é só pular as sete ondas, correr sete voltas pelo quarteirão, engolir 7 lentilhas, comer 7 perús de natal, rezar 7 terços, 7 rosários, assistir 7 missas, fazer 7 ebós... que tudo vai dar certo... (quem disse que era para ser fácil?) rsrsrs

Energia positiva e Boa festança para todos!

Beijinhos, Cames

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Tradições Nordestinas... ?!

Mais uma empreitada de final de semana, que me rende um post! :D

E vamos aos fatos:

Mais um domingão no Rio sem muito sol, shoppings lotados, faremos um programa diferentes, almoço na 'Feira de Tradição Nordestinas', vulga 'Feira de São Cristóvaò', vulga 'Feira dos Pataíbas'. Diversão garantida ou seu dinheiro de volta, e mesmo assim você só gasta R$1 pra entrar!


Dado o baixo valor da entrada, já deu para perceber o público. Como se diz em sampa, e eu descobri isso semana passada, é um típico 'programa de pop', ou 'programa pop', não peguei muito bem... Só sei que no mesmo lugar você consegue encontrar a MAIOR concentração de gente feia E mal vestida por metro quadrado. É surreal, para dizer o mínimo.

Então, estavamos lá, depois de curtir um almoço dos bons, muita carne de sol, aipim (ou macaxeira), baião de dois, manteiga de garrafa... dando uma circulada, pra quem não sabe na feira tem dois palcos principais, um em cada extremidade do centro, pois bem, estavamos perto de um desses palcos showzinho rolando, quando vejo cabelos esvoaçantes na fila do gargarejo, chegando mais perto dava para ver uma moça, (eu chamo de moça por que sou educada) com um pouco de roupa, acho que ela colocou a calcinha e o soutien e esqueceu o resto em casa, pois bem, essa moça se requebrava MUITO ao som de algo que identifico como calypso, (por que forró é outra coisa, e não me venha discutir). Junto á moça, haviam outras ... moças, ou nem tanto, ou elas não nasceram exatamente moças, se é que você me entende. Mas PQP as bichas rebolavam mais do que qualquer um ali! (inveja, assumo) Tinha uma que eu apelidei de Xuxa, não por ser loira, mas por que ela comandava o grupo de 'paquitas' que vinham logo atras copiando seus passinhos.

Foi uma risada só, paramos olhamos, nos divertimos, e circulamos. Fizemos umas comprinha, batemos uma perna, e paramos no outro palco, com toda a minha aversão a multidão resolvemos ir para o segundo andar de um restaurante que fica em frente a esse palco. Lá do alto a gente vê TUDO! Tudo mesmo! E olha lá no gargarejo as mesmas moças! Rebolando, quebrando no passinho... Eis que no meio da multidão surge um casal, fazendo os maiores malabarismos, daqueles que a gente via no show xuxa em competição de lambada. Pois olhando bem, reparando com calma, a bailarina, era na verdade UM balairano, COMO ASSIM?! Ela rebolva mais do que a bicha xuxa, e parecia um mamulengo na mão de seu parceiro de dança, UM ARMÁRIO, que jogava a bicha, pra um lado jogava a bicha pro outro lado, e os cabelos esvoançantes de um lado pro outro. SURREAL! Isso sem contar que a 'Xuxa' pegou uma de suas paquitas para dançar, a 'Xuxa' como era de se esperar, conduzia com destreza sua paquita, que mesmo de cabeça raspada tinha uma jogada de cabelo como poucas.

Deu pra ter uma idéia né?!

Como eu disse, diversão garantida. Só não pode ter frescura, por que o cheiro é meio kolene, com leite de rosas e desodorante de alfazema! rsrsrs

beijos beijos beijos e ÓTIMA semana natalina!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Cadê o verão?

Não me entendam mal, eu detesto suor, gente sem roupa, banhas ao vento e tudo mais que vem acompanhado desta estação... Mas que estação? cadê? Há poucos meses, ainda era por definição inverno, e tivemos um 'veranico' um calor horroroso, e agora que é realmente verão, chove, chove, chove... e não pára de chover!!!

É tão deprimente olhar para as paisagens cariocas sem sol. Elas perdem o colorido, fica tudo cinza, cor mais deprimente... Eu quero os vermelhos, os verdes, os azuis, os contrastes!!!


Cadê o maior contracenso do Natal? O velhinho barbudo CHEIO de roupas quentes, capús, botas, neve artificial espalhada num pinheiro e nós suando, de vestidinho, bermuda e comendo comidas pesadas de mais, quentes de mais para o calor que faz. Acho que esse será meu primeiro natal no Brasil onde terei que vestir casaco.

Isso tudo é culpa nossa, que andamos de carro, que bebemos água em garrafinhas de plástico, que não recilamos, que gastamos água para eliminar as feses, que comemos carne demais, que usamos eletricidade de mais... tudo culpa nossa...

Eu quero minhas estações de VOLTA!!!

Cames!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

HO HO HO

É natal... mais uma vez... é isso me dá uma certa preguiça... vamos pensar sobre isso:

O Natal era para ser uma festa religiosa em celebração ao nascimento do menino Jesuius, aquele bla bla bla Igreja que já conhecemos... vamos unir as família etc e tal... Isso é tudo muito chato!

Ok ok, a idéia de unir a família para uma boa ceia é até bonita, mas você realmente quer passar uma noite dando sorrisos amarelos para aquela tia-avó que te beija lambusado, fala com pedacinho de comida grudado na bochecha, e não larga seu braço por um minuto? Ou aquela prima que tem 5 filhos que passam a noite apertando os botões dos novos brinquedos mais barulhentos que existem? Ou aquele papo da tia beata que quer te converter e te arrumar um bom marido, um homem de Deus??? AHHHHHH SURTANTE (obs.: Prefiro deixar o homem de Deus com Deus).



Apesar disso tudo eu ADORO decoração de Natal, muito brilho, muito dourado, muito vermelho, muitas luzes. Adoro dar presentes para as pessoas que eu realmente gosto e me preocupo.

E que venha o reiveillón... porque isso é que é festa BOA!!!

Obs. POR QUE NÃO COLOCAM A ÁRVORE DE NATAL DA LAGOA NO PISCINÃO DE RAMOS???? ESSE BANDO DE GENTE VEM LÁ DE DEUS ME LIVRE PRA VER ESSE TRIÂNGULO BRILHANTE E SÓ FAZ ENGARRAFAR O TRÂNSITO!!! ahprontofalei!!!

Beijócas

domingo, 7 de dezembro de 2008

Medos

O medo é uma coisinha muito curiosa... cada um tem medo de uma coisa, uns tem medo de ratos, outros tem medo de escuro, de bicho papão, de almas do além, de andar de avião, de ficar donte, de altura, de dirigir, de morrer... Se nós não tivessemos medo, acho que não existiriámos mais, imagine só todo mundo brincando com fogo, entrando em alto mar, pulando de aviões, enfrentando onças pintadas e tubarões brancos.



O medo é o que nos segura no chão, é o que nos faz respeitar leis, da física, de Deus, do homem... Mas as vezes temos medos que nós mesmos criamos, temos medo do desconhecido, por isso tentamos evita-lo a todo custo, procurar uma zona de conforto, onde nada pode nos fazer mal, onde você está calmo, sereno, tranquilo... apático.

Porque ter medo é bom, ter medo faz parte, ter medo libera adrenalina, te liberta, te dá limites...
O medo é uma coisa engraçada.

Eu tenho muitos medos...

(ok, essa post não faz muito sentido, eu sei, mas foi o que saiu da minha cabecinha conturbada)

Beijos, Cames

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

SPOILER - Jenny Morre!

Acabei de ler a MELHOR notícia do ano. A Jenny vai morrer na 6a temporada de 'The L Word'. Graças a DEUS! Ela é uma chata, desagradável, desnecessária na trama.




Porém nem tudo é alegria, ela morre logo nos primeiros minutos do 1o capótulo, e tudo que segue são acontecimentos anteriores a morte dela, quer dizer, ainda teremos que a Jenny até o fim. Mas só pelo fato dela ter morrido já me deixa mais tranquila!


Honestamente ela perdeu ótimas oportunidades de morrer, tentou se matar não conseguiu, foi para a casa dos pais, e voltou, se lançou num botinho inflável ao mar no meio da noite e não morreu! Chata chata chata, nem pra morrer ela serve.


Ah pronto falei!


beiiijos, Cames

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

... E Viveram Felizes Para Sempre...

Era com essa fraze que sempre terminavam os contos de fadas que a gente lia quando criança, é assim que terminam os filmes de comédia romântica que assistimos na adolescência... O problema é que esqueceram de avisar que a vida não é um conto de fadas, que felizes para sempre não existe. A pobre menininha iludida pela Cinderela, seu 'principe' pode até aparecer mas ele não será aquele gato pro resto da vida.

Parece papo de gente amargurada né, que tomou um pé na bunda... mas não é... Meu namoro vai muito bem, obrigada. Mas as vezes a gente para pra pensar... TANTA gente casando e separando, namorando uma, depiois outra, depois outra... num ciclo vicioso sem fim. E aí você pensa, mas por que que meus avós estão casados até hoje, 50, 60 anos. Ok, esquece a igreja a sociedade, blá blá blá. Estou falando de sentimento do que a gente procura para nossas vidas.

Por esses contos de fadas e tudo mais, queremos sempre viver nesse estado de euforia, de paixão, de romance, de tesão, sempre. E não é por aí. Não é por aí MESMO. Me desculpem as girininhas pelo choque de realidade vocês podem escolher não acreditar, eu entendo.

Não estou dizendo que isso seja ruim, que estamos fadados a viver tristes e sozinhos. Mas temos que ceder em alguns pontos, entender que amor é MUITO mais do que isso. É muito mais do que paixão, sexo, calor. É companheirismo, é carinho, é cuidado... E esse amor é mutável, ele passa por fazes, ele é colorido, é cinza, é alegre, é triste, mas deve ser cultivado. Com a pressa que temos hoje, acabamos procurando uma solução rápida para uma questão maior, ao invéz de entender essas fazes, aceita-las e seguir em frente, as pessoas desistem e pulam para outro relacionamento que fatalmente chegará ao mesmo lugar, e isso só vai se repetindo. É uma busca infinita pelo prazer, que acaba sendo um pouco vazio, por que não dura...

Vish.... falei... Palavras do dia: 'cultive, ame, permita-se, dê uma chance'

Beijos belisquetes!

Cames

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

De Volta!

Genteeeeem que saudade de escrever nisso aqui!!! Como eu sinto falta desse meu pedacinho de mundo cibernético, de por pra fora as maluquices, de ler os comentários, de ver as reções, de comentar de volta... :D muito muito bom estar e volta.

De volta e de alma lavada, feliz, e já deprimidinha pq seguda feira a vida volta ao normal. Mas antes disso vamos falar de coisas boas!

NY é incrivel, linda, uma diversidade cultural, de linguas e sotaques e modos e vestuário, tudo é um pot pourri cultural... diferente das ouras cidades Norte americanas que eu conheço, sem preconceito, sem olhares tortos. Me senti fazendo parte daquele turbilhão...

Mas o melhor de TUDO sem sombra de duvidas foi o show da titia Madge. GENTEM a cinquentona está com TUDO em cima, arrazando, ela pula, dança, toca, se esfrega nos bailarinos e tudo (essa separação fez muito bem a ela. hehehe)

Realmente ela está um pouco cansada, ela passa umas 3 musicas apenas tocando guitarra, outras duas é só o clipe, mas ela volta com novo figurino. Ela tem umas pausas dramáticas para recuperar o folego, mas tudo muito bem arranjado, afinal de contas ela não tem mais 20 anininhos, mas está mandando muito BEM! ela será a próxima Cher... Imortal! AMO AMO AMO! taí um videozinho para deixar um gostinho disso tudo!

video

Ahhh. E para constar nos registros desse blog, eu amo muito muito muito o meu amor, e morri de saudade esse tempo todo e para de pensar bobeira, pq eu te amo!

beijus belisquetes! E vamo que vamo pq estou de volta com todo gás!

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

FÉRIAS!

Belisquetes do meu coração. Venho por meio desta informar que estou de FÉRIAS! Não, acalmen-se fãs fervorosas (nossas eu sou a Madonna né) não são férias do blog, e sim do meu real, e palpável trebalho, do qual não reclamo, pois é por ele que tenho $ para poder tirar essas lindas e tão merecidas férias.

Vou dormir até tarde, pegar uma praia, acho que essa cor de vela, não me caiu muito bem, almoçar com amigas vagabas, ou as milionárias que não precisam trabalhar, me sentir a própria socialite passeando pelo shopping leblon as 3 da tarde, sem a menor pressa.

Vou viajar um pouquinho, passar um pouco de frio, já disse que nasci no continente errado né?Usar roupas quentes, sobtretudo, meião, galochas...

ai ai... como a vida é bela!!!

beijinhos

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Prop 8

Está um fuzuê pela eleição do Obama, é Obama pra lá Obama pra cá, todos festejam. Agora o que nninguém fala é o absurdo que aconteceu na Califórnia, um retrocesso.

O Prop 8, que é a proibição do casamento entre pessoas do mesmo sexo foi votado e passou! Fiquei muito chocada, como pode um estado voltar atrás? Voltar no tempo?


Li um blog onde um Californiano falava que se sente desconfortável com a idéia de ver dois homens casados. Um grande FODA-SE pra ele! A questão não é o desconforto de uns, mas os direitos de todos. Me desconforta ver gente mal vestida na rua, mas é um direito que ela tem. É por causa de gente assim que as coisas não andam, é o famoso "... eu até tenho um amigo gay". Preconceito puro, pela simples ignorancia.

Não sei se as pessoas devem casar ou não, o casamento pode ser uma institução falida, e produto da sociacidade machista, cristã, etc etc, mas é o sonho de muita gente, e dái se ela quer casar? deixa, depois separa se for o caso. A questão é ter a liberdade de poder faze-lo.

Daqui a pouco ser gay volta a ser crime. Joga mais essa nas costas do Obama, coitado esse aí tá FU**DO!!!

AHPRONTOFALEI!

beijos mocinhas, Cames

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Apego

O post hoje não é risada, não é engraçado, não sou eu nos meus melhores dias, é mais um desabafo.... tem coisas que as vezes a gente precisa por pra fora, mesmo que seja só para sair de dentro da gente, pra ver se sara mais rápido.

Já tive bichos de estimação, mas nunca como esse, o Carioca caiu de paraquedas na minha vida, ele não era para ser meu, mas quando veio foi só alegria. Eu sempre falo que quando as pessoas morrem de repente elas eram perfeitas, não faziam nada de errado. O meu bebe não era perfeito, ele cagava a casa toda, fazia xixi onde não devia, comia meus sapatos, sempre os mais caros... mas mesmo assim ele era perfeito, aprendeu a me respeitar, me fazia companhia, era o meu filhote.

Me sinto culpada pelo que aconteceu por que por instantes eu poderia não ter deixado ele ir... Mas se a gente sempre soubesse o que acontece depois não fariamos nada não é verdade?




Bom, é isso... desabafo, de uma 'mãe' triste... mas olha essa carinha, tem como não sofrer?

Que Deus o tenha e que ele esteja em um lugar muito melhor do que nós.

Cames

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Fóda amiga

Ontem estava ledo o blog das cafajestes e me deparei com um tópico muito interessante, a fóda amiga. Me senti na OBRIGAÇÃO de palpitar sobre o assunto, que por sinal me é de muito gosto.

Vamos ao objeto. A foda amiga, é aquela amiga, que te ajuda em momentos dificeis, seja ele qual for. Vocês podem sair para tomar uma cerveja e falar de outras mulheres no bar OU podem ir pro motel, ou as duas coisas. Fato é que a foda amiga é acima de tudo amiga. Vocês não vão discutir relação, nem brigar se ela ñ te ligar no dia seguinte, nem encher o saco se vc pegar alguém na night, e tudo isso não leverá a um relacionamento amoroso. TUDO DE BOM!

Como identificar uma possível foda amiga. As duas mais classicas são a amiga bebada, e a ex namorada. Ex namorada é a mais comum das fodas amigas, vocês namoraram, foi legal, acabou numa boa, vocês se veem, conhecem as futuras namoradas alheias saem juntas etc, e se um dia as duas estão solteiras rola um clima, pápum, foi! Só não vai se apaixonar de novo, já sabemos que não deu certo! A segunda opção é aquela amigona, que no início você até achava agtinha, mas virou tão amiga que você até esqueceu, vocês estão lá na night, ninguém interessante nada pra fazer, o teor alcólico subiu, você olha e pensa... huuum gatinha. E pronto! Agora tem que saber cultivar. Algumas ainda não introduzidas no assunto podem precisar de um pouco de conversa pra entender como isso funciona, outras mais espertinhas já sabem como o barco rema, e aí é só alegria.


A foda amiga serve muito nas entre-safras, quando você terminou com uma e ainda não engatou na outra, quando a night acaba e vocês ficaram no 0 a 0, ou quando dá vontade mesmo!

ATENÇÃO: A foda amiga NÃO é uma amante. Ela é uma amiga, ela conhece suas namoradas, seus pais, frequenta seu circulo.

ATENÇÃO 2: É importante deixar CLARO para os dois lados, de que se trata essa relação, para ninguém sair magoado.

beijuuus, Cames

(ps.: acho que esse foi um dos posts MAIS cafajestes da minha vida, mas foi sincero, de coração)

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Vaidade

Tem gente que diz que é pecado, tem gente que diz que não, tem gente que exagera, tem gente passa longe... Fato é que toda mulher, ok, nem toda, mas a grande maioria tem suas vaidades.

Eu não entendo as pessoas que não passam nem um hidratantezinho se quer. Comigo são 4 produtos no rosto antes de dormir, mais três ao acordar, unhas sempre impecáveis, sobrancelhas idem... Santo ritual... mas nem sempre foi assim... Quando ainda girininha eu achava que tinha que ser a FANCHONA pra mostrar pra todo mundo. Coitadinha não sabia nada da vida... mas esse post não é sobre a minha vida...


Acho engraçado como as pessoas veem a vaidade. Principalmente nesse mundinho brejo em que vivemos, e tem de TUDO! das mais desleixadas que NUNCA sequer tiraram uma cutícula na vida, as maaaaais piriquitas, piriguetes. E todo mundo tem pitaco pra dar, 'nossa mas não precisa ser homem, podia se cuidar um pouquinho', 'ai que horror é sapa ou é piriguete?'

Que saco isso! Tudo bem tudo bem, eu comento e MUITO, ADORO falar dos outros, da roupa da maquiagem, do sapato, do cabelo, etc etc... mas só para o próprio BEM das pessoas, eu acho que tem gente não tem espelho em casa, umas combinações horrorosas... affe, sapa ADORA errar no modelito!

Pareço um viado né. Eu sei... Muita gente já me disse isso e aceito numa boa!

Então, quer uma consultinha de estilo?! rsrs

beijócas, Cames

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

O Carioca e o Sol

Eu não conheço relação mais doida do que essa.
O Carioca tem uma fixação com o sol, com a praia, cerveja, e tudo mais que acompanha esse ritual, que eu não entendo muito bem.

Veja bem, eu sou carioca, mas sempre digo que nasci no continente errado! Praia é legal, acho que seria bem melhor se não tivesse areia, se a água não fosse salgada, e se o sol não queimasse tanto.

Mas voltando ao assunto, ontem foi um dia desses de MUITO sol e calor, na cidade maravilha, purgatório da beleza e do caos. Bela, muy bela, até a página 2. Dia do mestre, apenas escolas e professores estariam de moleza, menos crianças indo a aula, menos engarrafamento para eu ir ao trabalho, certo? LEEEEDO engado. A cidade estava um caos, por culpa deste sol que tanto amam, TODOS rumaram á praia, na verdade eu acho que só o meu ecritório estava em funcionamento, todas as outras pessoas da cidade estavam na praia.


Vizão do inferno!!! Aquele calor, aquela gente se apinhando em onibus lotado, carregando isopor cheio de cerveja, pingando gelo derretido. Eu só observava de dentro do carro, com os vidros fechados. Assumo uma invejinha, po, quem não queria poder ter a opção de ir ou não a praia numa quarta feira ensoladara. Mas graças a deus pelo carro com ar condicionado (pois é tem o aquecimento global).

E está só começando, isso foi apenas uma prévia do verão que vem por aí... e seja o que deus quiser.

Use filtro solar! ;)

bj bj Cames

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Parada na Parada

Eu juro que não ia, não ia por que eu não curto mesmo. Deteeeesto multidão, gente suada, grudenta, pulando junto, esbarrando em você. ECA! Eu sei, eu sei, sou uma chata, assumo, sem medo nem vergonha alguma.

Mas acabei indo. Chegamos suuper tarde, depois das 18h e mesmo assim ainda tinha MUITA parada pra passar. Confesso que me empolguei com as musicas, estava BEM animado. Não estava tão lotado. Na verdade estava até tranquilo. Fiquei igual as tias véia, na bordinha só olhando.



Pra quem quiser dançar é uma ótima, mas pra quem quiser paquerar, desista, nestqe quesito a parada estava beeeem caidinha. Meus amigos solteiros foram e voltaram da mesma forma. rsrsrs

Tirando isso, acho muito importante participarmos. Além de ser uma festa alegre, com musica legal e de graça é a celebração de direitos que ganrantimos, e dos que ainda queremos ter. Ver os casais andando de mãos dadas livremente no meio da rua me deixa feliz. Uma pena não poder ser assim todos os dias, em todos os lugares, mas é por isso também que vamos à parada. Quanto mais pessoas forem, derem as caras, mais nossos governantes verão que nós existimos e que somos numerosos. Minoria que nada!

Vale a pena ir, nem que seja para assistir. Agora só ano que vem.

Beijos, Cames

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Propaganda Enganosa

Eu odeio sapa propaganda enganosa, ai mas como tem disso no mundo. Deveria ser proibido.

Todo mundo conheçe uma, ou umas. Ela é suuuper marrenta, bota a MAIOR banca de ativona, tem todo o porte, os trejeitos, os modos (que modos? nenhum)... enfim, você JURA que ela arraza! Com aquele jeito de andar, aquela lábia, aquele papo, vc já está babando, seus hormônios fervendo... ai ai ai PAPAI! me seguuuura!


Aí, você compra, paga pra ver! E na hora H vê que levou gato por lebre... PQP ela é uma mocinha! Cadê aquela marra toda? Mas aí... que você já levou pra casa, tenta até dar um jeitinho no produto defeituoso, mesmo já sabendo que não terá nem uma semana de uso... O jeito é arrumar outro! Boa caça!

Cames.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Mais do mundo brejo

A noite começou com a amiga solteira no msn... 'vamos a uma festa fina, chique e hoje somos ricas' a festa chique estava um saco, só tinha cacura, UÓ. ps.: o que era a baiana jogando pipoca em cima dos que entravam? Eu fui pra uma festa, não fazer oferenda pra Erê.

Liga daqui, procura dali, aniversário de uma amiga da amiga, num barzinho em Ipanema. Pra já!

Lugar legal, caipirinhas ótimas, muita gente. Como sempre, comecei a reparar... Mais uma vez me veio a constatação de que o mundo é um brejo! Tirando umas 3 ou 4 mesas o bar estava tomado.


Tias cariocas, lembram dos fins de tarde de domingo no Bofetada? (ou para as MAIS tias ainda, no Gaivotas... ai essa doeu, esquece!) Pois então, o fervo continua na Farme, só que mais pra baixo um pouquinho. Linha?! que isso? perderu-se por completo.

Mas o mais interessante é que o lugar é suuuper democrático, tem gringo, tem gay, tem sapa, tem het, curiosos, de tudo. E melhor ainda, nenhum garçon mal encarado, nem minimamente incomodado com os casais mais ousados. MUITO MUITO Legal. Ganhou váááários pontos.

Fiquei mais feliz por isso, do que por qualquer coisa, a noite foi ótima claro, mas só de ver a evolução, o desprendimento, a desenvoltura, foi melhor ainda. Me senti super bem, num ambiente 'não guetto'. Tudibom!

Boa Segunda feira, chuvosa, com as bolsas caindo... vixi...

beijos, beijos, Cames

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Mundo brejo

Nesses ultimos tempos, além de trabalhar MUITO, tenho observado bem de perto as sagas de uma recém solteira nesse mundo brejo.

Eu como 'tia' nesse quesito, fico só vendo as sitações se repetindo, e os mesmos tipos clichê de pessoas surgindo e tendo as mesmas ações, e causando as mesmas reações de sempre.

É tudo tão igual, é tudo sempre o mesmo. Ok eu já sabia disso, todo mundo sabe, mas a gente ianda tem esperança e fica meio enferrujada mesmo depois de muito tempo namorando.

Assumo, eu gosto muito daquele clima inicio, vc não sabe se vai ligar, se ficou afim se não ficou; topa com umas cafajestes ao longo do caminho, que não é nada mau se você souber lidar com elas, o problema é apaixonar; aparecem as fodas amigas, muito úteis e agradáveis; Você faz melhores amigos de infância numa noite; gasta-se muito mais dinheiro, você está em todas; cuidado pra não queimar o filme; tem que ter roupa nova, bonita, que chame atenção...

Nossa dá TANTO trabalho... melhor mesmo é ficar só observando o movimento.

Cames

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Festival do Rio 2008

Mais um Festival do Rio chegando... Sou só eu, ou cada ano que passa ele fica mais esquecido? ou mal organizado? No site nenhuma informação sobre os filmes, nem programação, sem sinópses nada. No Espaço de Cinema em Botafogo, que é o coração do festival, nenhuma informação. Tudo meio esquisito, parece que em cima da hora.

Não sei se fui eu que saí daquele clima, 'faculdade de comunicação, nada pra fazer, tempo de sobra pra ir ao cinema, ler jornal, e dar pinta no estação'. Na verdade tudo se resumia a 'dar pinta no estação' pra que mais ver filmes indianos né. rsrs Falando sério, eu gosto muito do festival, é uma das minhas épocas favoritas do ano, eu já tive os picos, naquela época facul, 5 filmes no mesmo dia... um atras do outro... loucura total, mas MUITO MUITO bom, e o orgulho de dizer que eu vi 5 filmes no mesmo dia, nossa era o máximo. rsrs


Ai a gente cresce e algumas coisas não são mais tão glamurosas como eram né. Mas fato é que eu ainda gosto muito do festival e já estou fazendo minha planilha em excel com os horários datas, nomes e locais dos filmes (meu pequeno toc de organização).


O que me decepcionou esse ano foi a pequena quantidade de filmes gays, principalmente les, só UM! Acho que foi para balancear pelo ano passado que foram tantos. Mas tudo bem, daqui a pouco tem o Mix Brasil, que é pra isso mesmo.


Bom, é isso, só pra divulgar a animação, quem sabe agente se esbarra num cinema por aí?!


beijinhos, Cames

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Cansada

Por que é que a gente tem que crescer? Tem dias, como hoje, que eu só queria ser adolescente! ok, adolescentes são crueis, demprimidos, egocêntricos, mas acordam as 7 estudam até o meio dia e vão pra casa, não pagam contas, não devem nada a ninguém, 'têm todo o tempo do mundo'... Queria taaaanto um pouquinho disso.

Estou cansada, cansada fisica e mentalmente, até diminui a frequência com que tenho postado... muito muito ruim isso... Mas falta tempo, 24h não são suficientes!!! nunca imaginei que um dia falaria isso.

Pára o mundo que eu quero descer!!! quero férias, quero minha saúde de volta. E aí quando a gente diz que está trabalhando de mais, sempre vem um pai e diz, 'mas tem que dar graças a deus de ter um emprego, tanta gente queria estar no seu lugar'... Pois que fique! Eu queria estar na thailandia, tomando suquinho numa cabana a beira mar e sendo abanada como cleópatra! (bonito isso né? deu p/ imaginar? ô delícia) já dizia o samba, sonhar não custa nada... então vamos sonhar...

Que delíca estar aí, na praia de Ko Phi Phi Leh na Thailandia...

Ou então poderia estar lendo um livro a beira do lago Jaqueline Kennedy no central park

Quem sabe passeando de bike em amsterdam...

aí eu lembro... é por isso tudo que eu trabalho!
Bom final de semana!
Cames

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Fui Beijada

Ganhei um beijinho do lesbosfera. Um ótimo negócio, 3 em um, já que o blog é escrito a 6 mãos.



OBRIGADA MENINAS!

E como não poderia deixar de ser o beijinho é recebido e passado a diante.

O selo "Este blog merece um grande e gostoso beijo" tem o seguinte significado:

Para aqueles blogs que realmente gostam de distribuir seus beijos ( independente da forma, pois beijar é muito bom e ser beijada é melhor ainda!)

Para as pessoas que apreciam um beijo...

E como não pode deixar de ser, vamos às regrinhas básicas:
Divulgação do seu conceito
Divulgação do blog que o produziu
A forma original do selo não deve ser modificada
Escolha a quem você quer beijar e entre nessa onda ( com limite de até 10 blog´s)

Então eu beijarei...

Não Memórias de uma lesbica

Delirium

No Fantástico mundo de Helena

QueerGirls

beijinhos Cames

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Dia Internacional da Democracia

Você sabia que hoje é o dia internacional da democracia? Pois é eu também não sabia, mas descobrir isso me fez pensar em algumas coisas. Será que temos o que comemorar? Que democracia é essa que vivemos? Regida pelo 'capitalismo selvagem' e pela roubalheira deslavada.

Eu cresci no meio de pessoas ditas cultas, intelectuais até, pensadores, escritores, gente que lutou muito por essa democracia. Conheço muita gente que foi presa, exilada, torturada, tudo para podermos viver hoje em um país regido por pessoas que nós escolhemos. Mas até que ponto escolhemos? Os heróis daqueles tempos, os que não morream é claro, se venderam, se corromperam. FHC, um dos nossos presidentes mais recentes, foi um desses que lutou pela democracia, e depois fez bom uso dela em seu benefício.


Em pequena escala de poder, já ví muita merda, muita putaria com o que é dito público, uma 'simples' admnistração hospitalar pode render fortunas. É fácil se render a esses encantos do dinheiros, até por que ou você cede ou você morre. Veja bem isso em um órgão estadual, imaginem no carro chefe do estado, da cidade do país? Em tempos de eleição, eu vejo muita gente se perguntando não em quem votar, mas por que votar? 'Vai dar tudo na mesma'...

É triste ver o sonho de muita gente se tranformar nessa porcaria que é hoje. Acho que até por isso as pessoas perderam a vontade de lutar, lutar pra que, lutar por que se vai acabar tudo no esgoto mesmo. Estamos cansados, essa é a verdade.

Falei de mais, e o que isso importa né. Vamos tentar votar consciente, vejam aí suas opções, tem 'rouba mais faz', o 'estremista que nunca ganha nada', 'velho conhecido' 'o crente' 'o filho, neto, irmão' e por aí vai... ainda há a esperança, sempre a esperança.

Cames

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O mundo é um brejo!

Ultimamente ando dando uma saída da toca... quer dizer... me joguei fora da toca! (com força) rsrs. Por nenhum motivo aparente, aquelas coisas de fase né.

Depois de muito tempo sem circular no meio de muita gente, paro para observar como algumas coisas mudaram (ou não) e aí vão algumas considerações, duvidas, constatações...

O mundo virou um BREJO!!! MEUDEEEEEEUS. Showzinho na lapa minha gente, o que era aquilo? sapa pra tudo que é lado. Choquei! E elas estão tão mais soltas e ousadas também...



Por que é que sempre tem aquela sapa em todos os lugares que você vai desde que você era uma ginirinha? Confessa, você sempre a vê, há 10 anos ela está solteira, jogada na night com o mesmo estilo. Você começou a faculdade, terminou a faculdade, casou, arrumou emprego, separou, namorou, sepraou, e ela SEMPRE esteve lá com a mesma cara. Eu acho isso no mínimo intrigante. O que será que essas pessoas fazem da vida???

Quando você fica na toca, você bebe menos, perde a resistência... duas caipirinhas te deixam no chão!!! (literalmente, rsrsrs)
Mais do que nunca, todo mundo se conhece. Pior do que orkut que mostra o amigo do amigo. Ainda por cima, todo mundo já se pegou.

ai ai ai esse mundo esse mundo, onde vamos parar?

Fato é que estou curtinho muito essa fase 'out', mas dou graças a deus pelo que tenho em casa! BENZA!

Beijócas, e mandem as dicas das nights, agora que eu sou (estou) dessas. hehe

Cames

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Idade

Sabe aqueles e-mails que dizem 'você sabe quando está velho quando...' aí vem uma lista de clichês, do tipo, usava tenis bamba, calça baggie, nauru, etc...

Bom, eu resolvi fazer a minha lista... é curtinha, mas infalível.




eu sei que estou velha por que...

* Os amassados no corpo quando eu acordo permanecem por MUITO mais tempo.

* As gatinhas da night têm entre 5 e 10 anos a menos do que eu.

* Na minha hora de ir pra casa ainda tem gente chegando na festa.

* O problema não é mais conseguir um carro para sair, mas sim onde estacionar todos os 5 carros que levaram as 6 pessoas.

* Algumas pessoas dizem coisas que eu não entendo, as gírias mudaram.

* Meus artístas favoritos lançam discos e não cds.

* Eu lembro facilmente de coisas que aconteceram, e quando faço as contas tem mais de 10 ou 15 anos.

* O dia seguinte de uma noitada não é seguido de outra, mas sim de muito engov, neusaldina e dorflex.


Bom, com certeza tem mais coisa, mas já deu né.

Veja bem, não estou reclamando, muito pelo contrário hoje estou mais bonita, mais inteligente, mais culta, mais madura, mais magra, com um emprego melhor, uma conta bancária maior, amigos de verdade e menos modesta, claro, rsrsrs. Pra que mais? O resto a gente compra! Nada que um bisturi não resolva.

Boa segunda feira (se isso for possível)... Cames

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Crises!

Sabe aquela música do Charlie Brown? "complicada e perfeitinha"... pois é cantaram isso pra mim uma vez e ficou. Ai, eu sou muito complicada, como todo mulher, creio eu. Eita bichinho esquisito. Pois bem vira e mexe tenho uma crise, acho que estou no meio de uma.

Tive a crise de apaixonada, cada semana era uma paixão e sofriiiiiiiia coitadinha de mim, choraaaava, um horror. Tive a crise do final do casamento, JESUIS pobre da minha alma. A crise do desemprego, do término da faculdade, enfim... crises e mais crises.


A crise da vez é... o que eu estou fazendo nesse emprego ridículo? e o que eu faço agora que estou acabando a pós?(e nesse meio ainda tem a crise, putaquepariu tenho que terminar a monografia)

No final das contas eu sei que terminada a pós eu vou fazer meu curso de alemão e que o trabalho... bem, esse paga minhas contas e é nele mesmo que vou ficar... engraçado né então por que a crise? Deve ser a emoção, a falta de problemas realmente relevantes... rs Fato é que ela existe, estou chata, irritada, poucos me aturam, coitadinha da namorada... só leva patada, me deculpe... mas na verdade a culpa é dos hormônios, é sempre dos hormônios... melhor assim deixa a culpa nos hormôno e passa essa barra de chocolate pra cá!

Sexta feira chegou... Bom findi! sem crise! Bora pra Lapa? ;)

Cames

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Loving Annabelle

Mais dois filmes baixaram essa semana, e mais do que rapidamente eu os assisti. O primeiro, que eu vou falar rapidinho, porque não gostei muito, foi 'Love My Life'. Um filme Japonês, acho que o conflito de culturas não me permitiu entender muitas coisas do filme (ou talvez foi o fato de assistir um filme falado em japones legendado em espanhol?!). A personagem, principal conta ao pai que tem uma namorada e ele diz que é gay e que sua mãe falecida também era. Como assim ninguém nunca contou nada a essa criança? Acho que a cultura japonesa deve ser mais intolerante do que a nossa nesse aspécto, me pareceu assim, eles têm que se esconder mais, sei lá. Não me identifiquei.




Já o seguinte, 'Loving Annabelle' foi uma deliciosa surpresa. A clássica história da menina causadora de confusão, revoltadinha da estrela, que vai para um colégio interno. Mas diferente de 'Meninas de Colégio' não são duas alunas que se apaixonam, e sim, uma aluna e uma professora. Com uma tacada só ele toca em dois assuntos MUITO interessantes. Colégio interno (aaaaai era tudo que eu mais queria na minha adolescencia) e apaixonite pela professora, quem nunca se apaixonou por uma professora? Mesmo não sabendo na época, se você parar pra pensar vai lembrar daquela professora da 4a série que te fez gostar de matemática... lembrou? rsrs



O enredo é bem legal, a personagem principal que dá nome ao filme, Annabelle, é uma peste! ADORU! Instiga, insinua, se joga. Já abalada e em crise existencial, desgostosa de um namoro hétero-monótono, a professora Simone, passa o filme lutando contra a tentação e se livrar do fantasma da ex, mas é tudo em vão e ela não resiste aos encantos da aluninha, que de garotinha não tem NADA! No final dá merda pra professora, é claro, mas valeu a pena.



Com uma única cena de sexo, bem rapidinha e bastante recatada, o filme consegue ser super sensual, só os olhares de Annabelle já deixam o clima tenso.


De resto, como todo filme de escola, tem de coadjuvantes algumas alunas, a vaca, que quando não consegue o que quer fode com a vida dos outros, a deprimida que serve apenas para Annabelle mostrar como ela é bondosa carinhosa e preocupada com os outros, e uma idióta só pra servir de cacpacho mesmo. São personagens simples, mas que servem bem a seu papel, sem interferir na história principal.


Eu recomendo!


Cames

terça-feira, 2 de setembro de 2008

TRAAAASH

Toda boa sapa adora fazer um ar 'cult', cabelo curtinho, óculos, cinema no estação, frequentar cafés, jantar no Miam Miam etc... Mas no fundo no fundo todo mundo gosta de uma trasheira na vida. Uma boate escondida beeeem suburba.

Pois bem, esse foi nosso programa de Sábado. M A R A V I L H O S O! Eu como sou cacura nessa vida e dou olé em muita tia véia, já conhecia o local, e fui fazendo um tour com as novatas... "Nossa mas é enorme" "já estou perdida" "Como é eu volto pra tal lugar?" "MEU DEUS QUE ROUPA É ESSA?" "Viu aquela trava?" isso era só o começo da noite.

Na pista to tunti tunti (ou house)foi o esquenta, primeiras doses de cachaça, o povo atiçando a amiga, até então, 'careta'... quando uma alme teve a brilhante idéia de ir para a parte de fora. Chegamos lá... Funkão, o teor alcólico já estava um pouco acima da média... rebola daqui, remexe dali, chão chão chão... Muitas risadas, crveja derramada... Vamos pra outra pista... Hip hop... mais um uma reboladinha daqui, um mexe mexe dali, muito calor, casaisinhos se aquietando... e a 'careta' ainda 'careta... ô mulher dificil!


Na caça a um banheiro sem fila chegamos numa pistinha escondida... onde tocava... BATE CABELO! AMOADORODEPAIXÃO! E a grande bichaloucatravamór que mora em mim despertou mais uma vez. Ninguém me tirou mais daquele lugar, o pé doendo pelo salto fino gigantesco, hein?! aonde? esqueci. 'Se joga pintosa' E os hits não poderiam ser melhores, era Whitney, depois Cher, seguida de Britney acompanhada de Tcha Tcha Hils... PUTA QUE PARIU! eu só sei que lá entrei e lá fiquei. JOGADASSA!!! O bom desses lugares é que (quase) ninguém te conhece mesmo, você é A mais gata do lugar, todo mundo de olha do tipo, 'carne fresca', você pode fazer o que quiser! E foi isso mesmo que eu fiz.

Só sei que a noite acabou alí mesmo ao som the The Smiths, retomando a pose sapa-cult e indo embora no salto! (sonhando com o par de havaianas que me esperavam no carro)

Gente que noite MARAVILHOSA!!! mas cuidado, virar habitué de qualquer lugar como esse pode significar o fim de qualquer carreira! 2 ou 3 vezes ao ano já dá!

beijócas com um começo de semana MUITO animado, Cames.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Pipoca

Ontem assisti um filme temático, é véinho, tenho certeza que muita gente já viu, mas que como eu (até ontem) muitas ainda não assitiram.

Tudo começou num dia que vi um vídeo no youtube com cenas de váááários filmes temáticos e que no final trazia o nome de cada um. Eu anotei TODOS que não tinha visto e comecei a caçar-los para baixar, o primeiro que baixou foi 'Better than Cholocate' (não sei se há tradução, mas seria 'Melhor que chocolate") título que por sinal tem tudo a ver com o filme.


E vamos a ele. O filme é fofo, cheio de clichês, umas situações um tanto fora da realidade, até por que ele se passa nos anos noventa. Falando em anos noventa, o filme tem TODO o figurino! MARAVILHOSO! calças 'baggie' lá em cima no umbigo, largas nas cochas, muito soltinhas; camisetinhas suuuper baby look, com o umbigo de fora; camisas de flaneta para todos os lados! Me lembrou um pouco 'Barrados no Baile'.

O que talvez tenho me feito não gostar tanto do filme é por que nele tudo é muito fácil, se apaixonar é muito fácil; se separar é muito fácil; aceitar os outros é muito fácil; conhecer, se apaixonar e namorar uma pessoa incrível é muito fácil. Acho que isso foge um pouco da realidade mesmo norteamericana. É quase um 'The L Word' de tão blazé, mas nos anos 90, não combina. Acho que isso ficou um pouco forçado. De qualquer forma não é descartável, vale a pena assistir num dia que você não estiver fazendo nada de mais. Tem cenas ÓTIMAS e as personagens principais conseguiram um clima muito legal.

Ta aí a dica, final de semana chegando, esse clima do rio que não se decide...

Quando os outros filmes terminarem de baixar e eu assitr, falo mais deles.

Divirtam-se, cuidem-se (não necessáriamente nesse ordem)

beijos, Cames

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Santa Ignorância

A ignorância me irrita. Mas o que mais me irrita é a escolha pela ignorância.

Estou falando isso por que ontem vi na TV um breve debate sobre aborto em casos de fetos anacéfalos. Por mim o aborto seria liberado em todos os casos. Pra que forçar uma mulher a ter um filho que ela não quer? Que ela não cuidará bem? Já não tem coitado de mais nesse mundo?!




Para me deixar mais feliz eu nasci em uma família de beatas, carolas, 'servas do senhor', só minha mãe se desvitou, e eu obviamente segui no mesmo caminho. Um belo dia vem uma dessas tias carolas e diz: "Você queria que sua mãe tivesse te abortado?" Mal sabe ela que eu fui um plano meticulosamente planejado pela minha mãe, para literalmente FUDER com meu pai. hehehehe. A D O R O. Minha mãe é o máximo, mas isso é papo pra outro post. A questão é, se eu não viesse para essa mãe eu teria ido para outra que iria me querer de verdade. Não iria querer ser criada por uma família que não me quiz.

O que me deixa mais inconformada é que esses argumentos 'pró-vida' vêm de uma pessoa culta, que estudou nos melhores colégios, fez uma ótima faculdade é formada em COMUNICAÇÃO!!! Como pode?!?!?! Como pode uma pessoa ser tão cega? Achar que distribuir camisinha é errado? Ela acha o que? Que não distribuindo camisinha os jovens fervendo em hormônios serão castos?! AAARRRGGGHHHH!!! (fico sem palavras)

Eu tento, eu juro que tento, mas há horas que não dá. Nunca vou me esquecer do dia que tive que ouvir o sermão 'Deus fez o homem e a mulher... bla bla bla'. ALOW?! não cola, meio tarde, eu nasci assim. Argumentos infundados, baseados numa crença antiquadra, punitiva, retrógrada, num Deus gatíssimo de olhos verdes e pele alva?! Ah faça-me o favor!



Veja bem, eu não sou contra nenhuma fé, acho que a fé pode ser muito boa, ajuda a andar pra frente, a superar momentos dificílimos, etc. Mas ninguém é obrigado a obeder à crença alheia! Se eu quero ser da macumba, se eu quero ser crente, se eu quero ser Wicca, que seja. As igrejas, templos, centros e afins deveriam ensinar é RESPEITO, e não ódio como têm feito.

Affe falei de mais... deve ser a TPM. Nem eu me suporto nesses dias. Cólica, dores, alterações de humor... delícia!

Fiaquem com Deus, Allah, os anjos, seus santos, ou que preferir.
beijos, Cames

terça-feira, 26 de agosto de 2008

I Live Here

Mia Kirshner, a chatapracaralho Jenny de The L vai lançar um livro. Será que foi influência da personagem? Será que a personagem influciou no conteúdo do livro? Se esse for o caso melhor nem chegar perto, ler uma página pode ser desastroso.



Eu tento separar uma coisa da outra, mas a idéia de Jenny sempre vem a mente quando vejo qualquer coisa sobre Mia. E essa coisa de atriz que fez papel de escritora agora escrever?! Não curto. É como se eu fosse comprar E LER um dos livros da Maitê Proença (sim ela 'escreveu' mais de um).Não dá né.

De repente essa não era a hora, se Mia esperasse mais um pouco, para as pessoas não a comprarem tanto com Jenny, de repente... Mas pra mim não dá. Mesmo o assunto sendo as mazelas do terceiro mundo. Até por que, o que que a Jenny, ou a Mia sabem sobre Mazelas de países de 3o mundo. Ai, cansa minha beleza.

Mas ta aí, quem quiser, o nome do livro é I Live Here, e será lançado 14 de Out nos EUA.

Beijos, e boa sorte com a leitura.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

'The L' para ver e ouvir

Toda sapa que se preze, assiste, gosta e comenta MUITO todos os episódios e cenas de 'The L Word'. Eu tb, AMOADORODEPAIXÃO. Mas além de ver eu adoro ouvir, sou viciada em música, e principalmente musica que não seja mainstream, não gosto mesmo de radio pop, e esse hip hop que poarece não sair de moda nunca. The L, além de ter cenas incríveis tem musicas deliciosas!!! Alguém já prestou atenção?


Eu sou uma fã de carteirinha dos CDs das temporadas, meus favoritos são os da 3a temporada. SUPER recomendo.
Foi ouvindo esses cds, que descobri artistas ótimos, a maioria les, que eu nem sabia que existiam, com seus proprios trabalhos que são igualmente muito bons.

Então tá aí uma boa dica, feche os olhos e escute! Você ainda lembra-rá da cena rs

Beijos, e bom final de semana,

Cames

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Pense


Ando sem inspiração, trabalhando muito... nem sei o que acontece nesse mundo... ah sei que deu zebra no jogo da seleção... fiquei triste, tadinha das meninas...


Quem sabe semana que vem eu volte mais inspirada / animada.


Cames

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Valeu Murphy!

Todo mundo conhece a famosa lei de Murphy. Pois é, este senhor deve ter estado no meu parto, tenho certeza que ele foi o cara que deu uns tapinhas no meu bum bum assim que saí de dentro da minha mãezinha.

Mas este post não é para falar dele, mas de um fato em que sua teoria foi muito bem aplicada... vamos ao acontecido.

Estava eu, feliz e contente, saindo da academia, suada, fedida, com aquelas roupas horrorosas (legging, tenis, camisetão, e top que amassa os peitos que eu já não tenho) descabelada, enfim... um horror! Destraídamente, andando até o shopping onde esacionei meu carro, e quando olho pra frente, dou de cara com uma ex. PUTA QUE ME PARIU!!! foi a 1a coisa que eu pensei... olhei prum lado, olhei pro outro, mexi numa bolsa... tentando escapar dessa de TODAS as formas! Tudo em vão, olhei para frente mais uma vez, e lá estava ela na minha frete; e como Murphy me AMA MUITO, com a namorada (gatérrima) a tira colo. Lembrem-se, eu em trajes de academia, e estou muito longe de ser to tipo que desfila na academia.


Não teve escapatória:

Ela: Oi (surpresa)
Eu: Oi (surpresa), tudo bom? (2 beijinhos)
Ela: tudo bem, e vc? essa é a fulana (2 beijinhos na fulana) - informação importante: fulana e eu temos o mesmo nome.
Eu: ah tô bem, trabalhando aqui do lado.
Ela: ah legal, e vc está feliz? (que tipo de pergunta é essa????)
Eu: Sim, muito feliz, e vc ainda está lá?
Ela: é estou sim, mudei de área, mas ainda lá.
Eu: ah legal.... (pausa dramática) então, deixa eu ir lá né... beijos, Tchau (pra uma) Tchau (pra outra)
Ela: Tchau.
Fulana: Tchau.

Encontrar ex é super tranquilo, até aí tudo beleza. Eu adoro todas as minhas ex, todas mesmo, não tenho nenhum rancor, nem contra as que me magoram (e essa nem foi o caso, coitada eu que fui a FDP).

O que me deixou PUTA, é que eu estava daquele jeito! PQP! eu saio de casa todo dia suuuper arrumadinha, calça social, camisa, sapatinho comabinando com a bolsa, anéis, brincos, relógio, toda bonitinha, eu sou uma moça de escritório, ando na beca! E vou encontrar ex naqueles trajes?!

Isso deveria ser proibido. A gente só deve encontrar ex quando estamos lindas, arrumadas, maquiadas, magras, gostosas, ARRAZANDO! não suada de academia!

AH fiquei PUTA!

Ô MURPHY, pega leve!

Beijos, Cames.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

VAI ROLAR

Mulherada, parece que a tiazona do pop vem MESMO para o Brazil.

No site oficial com as datas e informações sobre vendas de ingresso para os shows da turnê Sticky & Sweet, já aparecem duas datas 14 de Dez no Maracanã (RJ) e 18 de DEZ no Morumbi (SP).


Os ingressos ainda não estão a venda e segungo 'O Globo' do dia 20 ao dia 29 de agosto só será liberava a venda para quem é so fã clube oficial da cantora e depois liberado para o publico em geral.

Eu já garanti o meu ingresso para ver tia Madge em NY, mas acho que vou aqui tb!
beijos, Cames

Implacáveis

Nem tem muito pra falar, essas fotos dizem tudo!

Brasil 4 x 1 Alemanha





Enquanto isso... Meu time (aquele pelo qual eu 'jogo') empatou, estamos nas semi finais!!! :D
Dessa vez eu até joguei mais, melhorei, meu treinador que disse !!!

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

EU GANHEI UM PRÊMIO!!!



É um selinho bem legal que vou colocar aqui ao lado ===>

Veio do Queer Girls E do Defenestrando no mesmo dia! Muito o brigada meninas!!!

Fiquei muito feliz, quer dizer que tem gente que gosta das coisas que eu escrevo olha que incrível! A faculdade de jornalismo finalmente serviu pra alguma coisa, rsrsrsrs

Para passar o selo adiante, preciso seguir algumas regras:

"Reconhecer os valores que cada blogueiro mostra a cada dia, seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. Em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras…"

E três condições:
*Aceitar exibir a distinta imagem
* Linkar o blog do qual recebeu o prêmio.
* Escolher quinze 15 blogs para entregar o Prêmio Dardos.

Essa é a parte mais dificil (eu sou MUITO chata) mas aí vão os blogs: (ainda ñ tem 15...)

Defenestrando
Lesbosfera
Não Memórias de uma Lésbica
Duas
Lésbica Dislexica
Beijei um Príncipe e Virei Sapa
O Guia Gay

Por Cames, Feliz!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Brasil x Noruega

GENTEM!!!
Amanhã tem Brasil x Noruega (futebol femino)!!! Que impasse, não sei pra quem torcer ai ai ai... será uma partida UBBER emocionante!

Aí vão os dados:
Jogo número 20, quem ganhar passa para as quartas de Final.

(torcer pelo BRASIL rumo ao ouro? conquistar o topo do pódium e ver a nossa mulherada brilhar, correndo o risco de perder a Noruega, sniff... não terá mais nem um joguinho delas? alguém que entende melhor de tabela de jogos me explica isso?)



O jogo acontece Sexta feira dia 15, ás 18h em Pequim, traduzindo 7 da matina aqui (vai, nem é tão ruim assim)

Agora falando a sério (sim eu consigo fazer isso, as vezes) mesmo sendo a Noruega eu vou ter que torcer pelas meninas do Brasil. Não dá pra ver aquela camisa amarela e não torcer.

Força para as brazucas! Quero ver muitos gols!

Beijuuus.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Mesa de Bar

Adoro juntar a mulherada numa mesa de bar. E pode ser qualquer bar, botequin metido a besta, mesa de plástico na rua, pizzaria, qualquer lugar serve! É só ter mesa, cerveja e caipirinha, as vezes nem isso.

Ontem foi um dia desses, e eu nem esperava, nada programado. Juntamos um grupo discreto, 5 pessoas apenas, uma amigona de todoas as paradas, a amiga engraçada com a nova pretê (que por sinal, que pretê hein? Amiga mandou beeeeeem), e uma amiga da amiga q todo mundo conhece, meio louquinha, super divertida.

Dado o cenário, vamos ao papo, a gente fala de tudo... TUDO MESMO! Espiritismo 'uma vez fui num pai de santo...'; exoteirismo 'Ai eu tenho uma astróloga ótima...'; família 'minha mãe é otima, super aceita...'; namoro 'minha sogra me ama, é uma louca, mas ela me assuta...'; até que o grau etílico aumenta... 'mas as putas adoram sapa bofe...' e aí perde-se o rumo... ou encontra-se... depois o papo é só esse, pegações, tipos de fanchas, transas, acessórios, etc...

Não tem jeto, juntou muita mulher na mesma mesa só vai sair baixaria! A D Ó R U !!!

Vira e mexe eu gosto de prestar atenção nas mesas ao lado... tem gente que ainda fica chocada! rsrsrs
E viva o papo de buteco!

Cheers! Cames.