segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Dia Internacional da Democracia

Você sabia que hoje é o dia internacional da democracia? Pois é eu também não sabia, mas descobrir isso me fez pensar em algumas coisas. Será que temos o que comemorar? Que democracia é essa que vivemos? Regida pelo 'capitalismo selvagem' e pela roubalheira deslavada.

Eu cresci no meio de pessoas ditas cultas, intelectuais até, pensadores, escritores, gente que lutou muito por essa democracia. Conheço muita gente que foi presa, exilada, torturada, tudo para podermos viver hoje em um país regido por pessoas que nós escolhemos. Mas até que ponto escolhemos? Os heróis daqueles tempos, os que não morream é claro, se venderam, se corromperam. FHC, um dos nossos presidentes mais recentes, foi um desses que lutou pela democracia, e depois fez bom uso dela em seu benefício.


Em pequena escala de poder, já ví muita merda, muita putaria com o que é dito público, uma 'simples' admnistração hospitalar pode render fortunas. É fácil se render a esses encantos do dinheiros, até por que ou você cede ou você morre. Veja bem isso em um órgão estadual, imaginem no carro chefe do estado, da cidade do país? Em tempos de eleição, eu vejo muita gente se perguntando não em quem votar, mas por que votar? 'Vai dar tudo na mesma'...

É triste ver o sonho de muita gente se tranformar nessa porcaria que é hoje. Acho que até por isso as pessoas perderam a vontade de lutar, lutar pra que, lutar por que se vai acabar tudo no esgoto mesmo. Estamos cansados, essa é a verdade.

Falei de mais, e o que isso importa né. Vamos tentar votar consciente, vejam aí suas opções, tem 'rouba mais faz', o 'estremista que nunca ganha nada', 'velho conhecido' 'o crente' 'o filho, neto, irmão' e por aí vai... ainda há a esperança, sempre a esperança.

Cames

2 comentários:

»»Luh Kururu«« disse...

Eu tb ainda tenho esperançassss...
E vamos fazendo a nossa parte!!!

Beijocasss...

Md disse...

Oi Cames,

Creio que, assim como você (foi o que me pareceu)e muitas de nós que éramos adolescentes/jovens nos anos 80, eu sempre tive e continuo tendo a esperança que democraticamente através do voto poderemos construir uma vida DIGNA para todas as pessoas. Mas infelizmente, por questões da política provinciana (sou de Recife) pela primeira vez estou fazendo a campanha do voto nulo ou branco para prefeito e confesso que isto me entristece..:(
Outra coisa que me entristece também, como feminista que sou, é o fato de que a boa parte das mulheres candidatas (me refiro a minha cidade)não levantam a bandeira feminista e se comportam como marionetes de seus senhores (marido, pai, filho).
Bom, acho que mais que um comentário fiz um desabafo! Mas achei super interessante seu post e confesso que sinto falta de posts mais reflexivos nos Blogs Les.
Besos,