segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Apego

O post hoje não é risada, não é engraçado, não sou eu nos meus melhores dias, é mais um desabafo.... tem coisas que as vezes a gente precisa por pra fora, mesmo que seja só para sair de dentro da gente, pra ver se sara mais rápido.

Já tive bichos de estimação, mas nunca como esse, o Carioca caiu de paraquedas na minha vida, ele não era para ser meu, mas quando veio foi só alegria. Eu sempre falo que quando as pessoas morrem de repente elas eram perfeitas, não faziam nada de errado. O meu bebe não era perfeito, ele cagava a casa toda, fazia xixi onde não devia, comia meus sapatos, sempre os mais caros... mas mesmo assim ele era perfeito, aprendeu a me respeitar, me fazia companhia, era o meu filhote.

Me sinto culpada pelo que aconteceu por que por instantes eu poderia não ter deixado ele ir... Mas se a gente sempre soubesse o que acontece depois não fariamos nada não é verdade?




Bom, é isso... desabafo, de uma 'mãe' triste... mas olha essa carinha, tem como não sofrer?

Que Deus o tenha e que ele esteja em um lugar muito melhor do que nós.

Cames

3 comentários:

Duda disse...

Cames!

Não fica assim! O Carioca foi pra céu dos cachorros como o animal mais feliz da terra! Ele teve carinho, atenção, dedicação, amor, afago. Ele se foi mas depois de ter vivido seus melhores dias!
Um grande beijo!

»»Luh«« disse...

Putzzz...
Sei o quanto é difícil a dor da perda de um bichinho de estimação, ainda mais lindo assim como era o Carioca... Também já passei por isso e, acredite, chorei por 3 dias seguidos... A Meg era minha companhia, minha alegria, minha confidente, minha filhote, enfim... era tudooooo de companheira!!!
Mas olha, o tempo se encarrega de tudo... sinto saudades dela mas sei que ela está bem!!

Beijocasss...

Mutante disse...

ai Cames =/
sinto muito, eu sei como é...
eu sempre tive bichinhos e como vc viu estou com um doentinho em casa. Eu já perdi outros, mas é assim mesmo, a gente faz o que pode, muitas vezes, se eles falassem, a gente podia fazer algo pra salvar a tempo, mas não é assim, então... fica em paz, que com certeza, vc foi uma ótima mãe!
beijinhos