segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Parada na Parada

Eu juro que não ia, não ia por que eu não curto mesmo. Deteeeesto multidão, gente suada, grudenta, pulando junto, esbarrando em você. ECA! Eu sei, eu sei, sou uma chata, assumo, sem medo nem vergonha alguma.

Mas acabei indo. Chegamos suuper tarde, depois das 18h e mesmo assim ainda tinha MUITA parada pra passar. Confesso que me empolguei com as musicas, estava BEM animado. Não estava tão lotado. Na verdade estava até tranquilo. Fiquei igual as tias véia, na bordinha só olhando.



Pra quem quiser dançar é uma ótima, mas pra quem quiser paquerar, desista, nestqe quesito a parada estava beeeem caidinha. Meus amigos solteiros foram e voltaram da mesma forma. rsrsrs

Tirando isso, acho muito importante participarmos. Além de ser uma festa alegre, com musica legal e de graça é a celebração de direitos que ganrantimos, e dos que ainda queremos ter. Ver os casais andando de mãos dadas livremente no meio da rua me deixa feliz. Uma pena não poder ser assim todos os dias, em todos os lugares, mas é por isso também que vamos à parada. Quanto mais pessoas forem, derem as caras, mais nossos governantes verão que nós existimos e que somos numerosos. Minoria que nada!

Vale a pena ir, nem que seja para assistir. Agora só ano que vem.

Beijos, Cames

2 comentários:

fazendo manha disse...

oi gosto das paradas ..mas pra ver pela TV tenho fobia de multidão me dá pânico...
saudades apareça
suave seja!!
bjos..no coração
.
.
Sandrinha

fazendo manha disse...

Oi tem presente pra vc lá no meu blog :)
vá lá buscar:)
suave seja!!
bjos...no coração
.
.
Sandrinha