quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Santa Ignorância

A ignorância me irrita. Mas o que mais me irrita é a escolha pela ignorância.

Estou falando isso por que ontem vi na TV um breve debate sobre aborto em casos de fetos anacéfalos. Por mim o aborto seria liberado em todos os casos. Pra que forçar uma mulher a ter um filho que ela não quer? Que ela não cuidará bem? Já não tem coitado de mais nesse mundo?!




Para me deixar mais feliz eu nasci em uma família de beatas, carolas, 'servas do senhor', só minha mãe se desvitou, e eu obviamente segui no mesmo caminho. Um belo dia vem uma dessas tias carolas e diz: "Você queria que sua mãe tivesse te abortado?" Mal sabe ela que eu fui um plano meticulosamente planejado pela minha mãe, para literalmente FUDER com meu pai. hehehehe. A D O R O. Minha mãe é o máximo, mas isso é papo pra outro post. A questão é, se eu não viesse para essa mãe eu teria ido para outra que iria me querer de verdade. Não iria querer ser criada por uma família que não me quiz.

O que me deixa mais inconformada é que esses argumentos 'pró-vida' vêm de uma pessoa culta, que estudou nos melhores colégios, fez uma ótima faculdade é formada em COMUNICAÇÃO!!! Como pode?!?!?! Como pode uma pessoa ser tão cega? Achar que distribuir camisinha é errado? Ela acha o que? Que não distribuindo camisinha os jovens fervendo em hormônios serão castos?! AAARRRGGGHHHH!!! (fico sem palavras)

Eu tento, eu juro que tento, mas há horas que não dá. Nunca vou me esquecer do dia que tive que ouvir o sermão 'Deus fez o homem e a mulher... bla bla bla'. ALOW?! não cola, meio tarde, eu nasci assim. Argumentos infundados, baseados numa crença antiquadra, punitiva, retrógrada, num Deus gatíssimo de olhos verdes e pele alva?! Ah faça-me o favor!



Veja bem, eu não sou contra nenhuma fé, acho que a fé pode ser muito boa, ajuda a andar pra frente, a superar momentos dificílimos, etc. Mas ninguém é obrigado a obeder à crença alheia! Se eu quero ser da macumba, se eu quero ser crente, se eu quero ser Wicca, que seja. As igrejas, templos, centros e afins deveriam ensinar é RESPEITO, e não ódio como têm feito.

Affe falei de mais... deve ser a TPM. Nem eu me suporto nesses dias. Cólica, dores, alterações de humor... delícia!

Fiaquem com Deus, Allah, os anjos, seus santos, ou que preferir.
beijos, Cames

5 comentários:

coizinha disse...

"sorriso de mona lisa" me ajudou muito a entender o que é respeito...

cheiademanha disse...

bom não vou opinar..pois são temas de muitos debates e polemicas..qdo começo não termino mais..a única coisa em que acredito é queexiste uma força maior que nos guia "Deus"
suave seja!!
bjos...no coração
.
.
Sandrinha

»»Luh Díaz«« disse...

Oieeee...
Achei legal o post... profundo, com ótimos argumentos!!!
Tb defendo a vida, mas desde que ela seja concebida com alegria...

Beijocasss...

mutante disse...

o pior é o discurso: "ah mas é uma vida... isso sería assassinato"
e as vacas e os frangos e peixes que habitam os pratos da maioria das pessoas? são vidas tb...
além do que o mundo está abarrotado de gente...
sou a favor tb, sempre!
tb ouvi as discussões sobre esse assunto e fiquei bestificada!
sou de família beata, mas sou ovelha negra tb! rs
beijo

Anonímia disse...

Gata,

Vamos lá... é crise religiosa... vai passar, eu te ajudo...

1. Deus é perfeito?

Sim.

2. Os humanos são perfeitos?

Não.

3. Os gays são criação de Deus?

Sim.

4. Deus criou o homem diferente da mulher? Criou os humanos em diferentes cores e tamanhos?

Sim.

5.Os diferentes tipos humanos se subdividem entre certou e errado ou são melhores ou piores que os outros tipos humanos sob a ótica religiosa?

Não.


5. Quem acha que pode criticar a vontade e as criaturas de Deus?

Eu não...

...sou apenas humana...

... e por isso não me julgo capaz de criticar a Deus ou a Sua Obra.


"Somos todos iguais perante a Deus".

Fique em paz.

Bisous,