segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Um dia acaba

A pessoa tem a linda idéia de fazer uma pequena mudança no vizual da casa... e não basta trocar as cortinas, comprar um sofá, ela resolve fazer uma obra! POR QUE?!?!?! Já começou errado desde o início. Você não decide fazer uma obra, não pode ser uma idéia. Sabe quando você precisa de uma obra?! Só quando não dá mais para viver naquele espaço... quando não se pode cozinhar na cozinha, ou tomar banho no banheiro... Fora isso, desista. Por favor, desista!


E lá vai ela comprar material, escolher azulejos, pastilhinha, tudo LINDO! Uma FORTUNA, mas vai ficar LINDO! Massa, tinta, rolo, cola... Os gastos não param e obra não acaba, quando você pensa que chegou ao fim, sempre tem um problemiiiinha a mais. E quando os pedreiros dizem 'está pronto senhora' ele quer dizer, 'acabei o meu, agora se fode aí'. Essa é a hora que você chora e pede colo para sua mãe! Por que pedreiro não conhece um ítem muito comum nas residencias atuais, chama-se VASSOURA!!!

Final da história (ou quase por que quando se trata de obra, NUNCA é o fim da história) você está com um banheiro LINDO, e a casa aos cacos... poeira até onde você nunca imaginou. E a faxineira vem quando? Vai me cobrar o dobro do que o de costume... eu pago o tripo para ver a casa em ordem de novo...

Alguém me salva!

2 comentários:

Anonímia disse...

Gata,
Que ótimo... Parabéns!
Bisous,

enola_ disse...

Lamento, mas é assim mesmo.
Da última obra lá em casa, o sofá até mudou de cor. Era preto, virou chumbo. E não teve lavanderia, estofaria, reza braba que resolvesse. Sem contar os 4 meses com a cozinha montada na garagem, enquanto a reforma acontecia.

Mas todo mundo sobrevive a isso.

Beijos, guria!!